Spiga

Pipoqueirismo


Torcedores chamam corintianos de "pipoqueiros" em treino

Dez torcedores foram ao treino do Corinthians nesta terça-feira manifestar sua insatisfação com o futebol apresentado pela equipe nesta temporada. Sócios do clube, eles chegaram ao final das atividades e chamaram os jogadores de "pipoqueiros".

Os torcedores cobraram melhores resultados dos jogadores e do técnico Emerson Leão. O Corinthians perdeu por 3 a 0 para o arqui-rival Palmeiras no clássico disputado no último domingo, pelo Campeonato Paulista.

"Bando de pipocas", "se não é no amor, é no terror" e "e aí, Leão, quando vem uma vitória, irmão?" foram alguns dos gritos entoados pelos torcedores.

Leão afirmou, após o treino, que não chegou a notar a manifestação. Porém, para ele, o protesto não muda nada dentro do Corinthians.

"Eu não vi (o protesto). Eu estava saindo e o treino já tinha terminado. Mas isso não muda nada para nós, que sempre vamos buscar fazer o melhor", comentou o treinador.

"Após uma derrota no clássico, vem uma partida difícil (contra o Marília, fora de casa), que pode auxiliar, desde que você se supere e chegue à vitória", acrescentou.

O Corinthians é o nono colocado no Campeonato Estadual, com 16 pontos. A equipe está em situação difícil na tabela de classificação, uma vez que o quarto colocado (que ficaria com a última vaga à segunda fase) soma 21 pontos.

Fonte: Terra Esportes

0 comentários:

Postar um comentário