Spiga

E a do Romário, vai pra quem?

Após gol mil, goleiro rouba a bola de juiz

San José, Costa Rica - Enquanto Romário ainda está buscando o seu milésimo gol, a seleção da Costa Rica chegou a esta marca histórica na última quarta-feira, ao empatar em 1 a 1 num amistoso contra o Chile. O fato inusitado do encontro foi o roubo da bola da histórica marca, pelo goleiro costarriquenho Wardi Alfaro.

O histórico gol foi marcado pelo atacante Rolando Fonseca. Após o jogo, o atacante solicitou a bola ao juiz da partida, mas teve seu pedido negado pelo árbitro. Entretanto, Alfaro conseguiu pegar a bola.

"Quando terminou a partida notei que a bola estava perto de mim e peguei. Não sabia que o juiz negou entregar ao Rolando", comentou o goleiro.

Agora a bola está com Rolando Fonseca, que guarda ela no seu acervo particular. O atacante de 31 anos, é o maior artilheiro da seleção costarriquenha com 47 gols.

Futebol Interior

0 comentários:

Postar um comentário