Spiga

Frustrando a garotada

Ausência de Ronaldinho frustra "sósia" mirim

A ausência dos craques Ronaldinho e Kaká no grupo da Seleção Brasileira que irá disputar a Copa América da Venezuela não desagradou apenas o treinador Dunga e sua comissão técnica. O jovem Jean Marco Sanche, 6 anos, queria um autógrafo do astro do Barcelona, mas acabou frustrado.

Filho de pai venezuelano e mãe brasileira, o "sósia" de Ronaldinho esperava ansiosamente pela saída da equipe do hotel onde os jogadores estão concentrados.

Mas teve que se contentar com os convocados que se dispuseram a atuar no torneio. Ronaldinho e Kaká pediram dispensa do torneio alegando cansaço e necessidade de férias.

Trajando uma camisa com fotos do ídolo e morador de Lenchería, cidade próxima de Puerto La Cruz, onde a delegação do Brasil está concentrada, Sanche foi trazido pela tia Érica Parker até o local.

"Ele queria ver o Ronaldinho, mas acabou não vindo", lamentou a brasileira, que veio de Manaus e mora há seis anos na cidade litorânea da Venezuela.

Mesmo sem se importar muito com futebol, Érica também tem seus jogadores preferidos. No entanto, como o sobrinho, também não poderá ver quem mais queria: Kaká.

"Eu pediria um autógrafo para o Kaká, mas ele também não veio", disse ela, que espera, então, conseguir ao menos um aceno do técnico Dunga.

"Vou tentar ver o Dunga, pelo menos. Depois do Kaká, é ele quem quero ver mais", concluiu.

Terra

0 comentários:

Postar um comentário