Spiga

"Papa tricolor" faz sucesso em Florianópolis

Nas duas últimas semanas, o novo papa tricolor foi figurinha carimbada, seja nos treinos ou nos jogos do Fluminense. Severino Mendes, ou João Paulo II como quer ser chamado o torcedor, deixou a família em Brasília para mostrar todo o seu amor ao clube carioca na final da Copa do Brasil, contra o Figueirense, e fez sucesso em Santa Catarina.
Segundo Severino, sua roupa é abençoada, com o intuito de dar alegrias à torcida tricolor. "Poder ter visto essa partida histórica em Florianópolis foi uma emoção enorme. O clima era o melhor possível", afirmou Mendes.
Nos arredores do estádio ficou provado como o papa faz sucesso com a torcida tricolor. Cumprimentos, fotos, autógrafos e pedidos de benção para o time. Sempre bem-humorado, e encarnando com vontade o personagem, ele atendeu a todos os pedidos.
"A fé é um combustível essencial, seja na vida ou no futebol", explicou Mendes. O estudante Diogo de Souza, 19 anos, foi um dos "abençoados" pelo papa. Para o tricolor, qualquer ajuda é bem vinda em uma final.
"Severino fará, sempre, com que Deus olhe por nós quando for necessário", disse Souza, animado. O estudante foi um dos mais de 30 torcedores que moram na Ilha do Governador e enfrentaram uma longa jornada para acompanhar a final. O torcedor viajou de ônibus e o percurso durou mais de 15 horas.
Após a chegada, o tricolor não hesitou e rumou direto para o estádio. Segundo ele, todo e qualquer sacrifício é válido para acompanhar o Fluminense, onde e como ele estiver.
"Viajei 15 horas, mas, se fosse necessário, viajaria 30 para acompanhar meu tricolor", disse. André Felipe também tirou folga no trabalho para acompanhar o Fluminense.
Sua epopéia foi bem menos cansativa do que a de Diogo, mas não é por isso que a paixão é menor. O comerciante viajou de avião, chegou na terça-feira e mandou preparar uma faixa que mostrava seu amor às filhas Natália e Talita e ao filho, Felipe.
"É a nova geração tricolor. Na próxima viagem eles vão vir comigo", disse o pai coruja.

Terra

0 comentários:

Postar um comentário