Spiga

Jogo duro

Esses dias vendo o jogo de volta Brasiliense x Avai percebo o Junior Baiano em campo. É, ele ainda existe. Uma boa pesquisa no Google me leva a uns caras bem mais durões: conheça os irmãos Pontes.

Daison Pontes era violento e fanfarão. Foi punido por tudo, inclusive doping, e só parou quando agrediu um juiz. Em 1974, o zagueiro do Gaúcho de Passo Fundo no Rio Grande do Sul, deu um soco na cara do juiz José Luis Barreto. Foi suspenso por 18 meses e voltou em 1976 apenas para encerrar a carreira. Estava encerrando, também, a ficha mais sujada história do futebol brasileiro. Daison Pontes virou lenda. Grandalhão, fanfarão, carismáatico, ele ajudou a fazer a fama de Passo Fundo como a “terra de machos”.

Formava dupla de área com seu irmão João Pontes, outro exemplo de indisciplina. Foi punido por tudo, desde do doping até agressão, num total de 18 punições. Em 1974, num jogo em Passo Fundo, o juiz José Luis Barreto maarcou um pênalti contra o Gaúcho e Daison o chamou de criolo. E o juiz teria dito – Se te pego fora de Passo Fundo, te expulso. Daison respondeu: Se me expulsar te quebro a cara.

Semanas depois se encontraram em Santa Maria. Os dois cumpriram a promessa. Barreto o expulsou e Daison quebrou a cara do juiz.

As expulsões dos irmãos Pontes.

Daison Pontos:

1959 – agressão a adversário.
1962 – invasão de campo.
1963 – ofensas ao juiz.
1964 – agressão ao adversário.
1964 – ofensas ao juiz.
1964 – ofensas ao juiz.
1964 – ofensas ao juiz.
1966 – agressão ao adversário.
1968 – ofensas ao juiz.
1969 – agressão ao adversário.
1969 – atitude inconveniente.
1970 – agressão ao adversário.
1971 – atitude inconveniente.
1972 – agressão ao adversário.
1973 – agressão ao adversário.
1974 – ofensas ao juiz.
1974 – uso de estimulante.
1974 – agressão ao juiz.

João Pontes:

1964 – agressão ao adversário.
1965 – agressão ao adversário.
1965 – ofensas ao juiz.
1966 – ofensas ao juiz.
1966 – agressão ao adversário.
1967 – ofensas ao juiz.
1969 – atitude inconveniente.
1970 – agressão ao adversário.
1972 – ofensas ao juiz.
1973 – agressão ao adversário.
1974 – ofensas ao juiz.
1978 – ofensas ao juiz.

0 comentários:

Postar um comentário