Spiga

Mais uma despedida

Romário pode voltar a jogar pela seleção. De acordo com o colunista Ancelmo Gois, ganha fôlego um movimento para tentar convencer o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, e o técnico da seleção, Dunga, a proporcionar ao craque mais uma oportunidade de se despedir da equipe. A idéia é utilizar o jogador na partida contra o Equador, pelas eliminatórias, dia 17 de outubro, no Maracanã.

O Baixinho entraria em campo pela última vez, jogaria alguns minutos com a camisa pentacampeã e, ao fim do jogo, decretaria a aposentadoria da seleção. O convite seria um agrado ao jogador, que está engajado no projeto do Brasil de sediar a Copa de 2014.

Ao saber da possível homenagem, o técnico da seleção brasileira não respondeu se seria viável convocar o atacante, que está com 41 anos e não atua pelo Vasco desde o dia 14 de junho.

- Não sei nada nada sobre esse assunto - afirmou Dunga nesta terça-feira, após convocar 22 jogadores para o amistoso do Brasil contra a Argélia, no dia 22 deste mês.

0 comentários:

Postar um comentário