Spiga

Quebrando o galho

Sem alternativa, técnico veste a camisa e entra em campo

Tubarão, SC, 19 (AFI) – A divisão de acesso de Santa Catarina entrou para a história do futebol neste domingo. Sem nenhum jogador substituto no banco de reservas, o técnico do Ferroviário-SC, Édson Criciúma, teve que entrar em campo e terminar em campo na derrota para o Próspera-SC, por 3 a 0, como jogador.

Com problemas de contusões e suspensões, o Ferroviário chegou ao Estádio Domingo Gonzáles, em Tubarão, munido de apenas 11 atletas. Apenas 57 torcedores estavam presentes no estádio para presenciar o que estava para acontecer. Devendo dois pontos na tabela por escalar 18 jogadores de forma irregular na estréia diante do Tubarão – derrota por 1 a 0 -, o Ferroviário também não podia mandar a partida no seu estádio em Capivari de Baixo, pois estava interditado.
Ainda no primeiro tempo, o lateral-esquerdo Peteca começou a sentir fortes dores musculares e solicitou substituição. Édson não soube o que fazer e pediu para o jogador agüentar mais um pouco. No entanto, o inesperado, mas inevitável devido às circunstâncias aconteceu aos 40 minutos da etapa final.

Vestindo a camisa 17, Édson Criciúma, também inscrito pelo clube como jogador, foi até o quarto árbitro, assinou a ficha e partiu para o campo. Nos poucos minutos em que esteve em campo, o treinador-jogador pouco tocou na bola, mas deixou seu recado.

“Estamos em dificuldades, mas vamos seguir esse trabalho. Estou confiante que vamos revelar bons jogadores aqui. Estou disposto a trabalhar e ajudar, como fiz neste domingo”, afirmou, orgulhoso, o polivalente Édson Criciúma.

Ficha Técnica

Ferroviário 0 x 3 Próspera

Local: Estádio Domingo Gonzáles, em Tubarão
Árbitro: Claiton Paz
Gols: Marcelo Silva, aos 36´/1T, Gabriel, aos 3´/2T; Adriano, aos 46´/2T (Próspera).

Ferroviário
Lucas; Rogério, Diogo, Maicon e Peteca (Édson Criciúma);
Dodô, Juninho, Marcelinho Gaúcho e Leandro; Alan e Alexandre.
Técnico: Édson Criciúma.

Próspera
Márcio; Josi, Fernando, Gabriel e Ricardinho; Leandro Melo,
Felipe, Adriano e Luisinho Vieira; Neném e Marcelo Silva – entraram Juca,
Diego e Danilo
Técnico: Paulo Serrano.

Futebol Interior

0 comentários:

Postar um comentário