Spiga

Culpa dos mortos-vivos

Tribunal aponta armação e anula goleada por 10 a 0

O Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Baiana de Futebol (FBF) anulou a partida em que o Guanambi goleou o Leônico por 10 a 0 e garantiu vaga na final do Estadual da segunda divisão.

O jogo, realizado no dia 23 de setembro, em Guanambi, terminou com o resultado que interessava ao time da casa. No mesmo dia, o Galícia derrotou o Independente de Feira de Santana por 3 a 1.

Com este resultado, o Guanambi somente disputaria a final da competição se derrotasse o Leônico por dez ou mais gols de diferença. Até os 32min do segundo tempo, o Guanambi vencia o seu adversário por 5 a 0.

Os dirigentes do Galícia, após o resultado, ingressaram com uma ação na FBF pedindo a impugnação do jogo, sob a alegação de "favorecimento" ao Guanambi.

Em seu depoimento aos auditores da FBF responsáveis pelo julgamento, o goleiro Alexandre, do Leônico, disse que na noite anterior ao jogo trabalhou como segurança em um cemitério e não teve tempo para dormir.

Agora, a FBF terá de marcar outra partida entre Guanambi e Leônico. O outro finalista do campeonato é o Independente, de Feira de Santana.

Terra

0 comentários:

Postar um comentário