Spiga

Crise de Itu

Tempos atrás fiz alguns posts sobre a crise no Ituano. Não deu jeito. O time de Itu foi o primeiro a rebaixar e já é lanterna da série B, mesmo com o pegador Djair. Sábado fazem um jogo que para o adversário (Avaí) é de vida ou morte. Mesmo já morto, tenho certeza que será um jogo encardido... (esse Avaí faz coisa!)

Greve no Ituano: jogadores vencem primeiro round

Após dois dias de greve, ainda com impasse em reunião tumultuada desta quarta-feira, eis que às 17h30, o presidente Ademir Campos conseguiu convencer os jogadores e a Comissão Técnica em rápida reunião, no Estádio Novelli Jr.,para
que os mesmos voltassem aos treinos, e cumprissem a última partida do Brasileiro "B" neste sábado, às 16 horas, em Florianópolis, diante do Avaí FC.

O vice-presidente Edson Tomba, em contacto com o Futebol Interior neste final de tarde, esclareceu que o acordo com os jogadores foi pautado da seguinte maneira:

Pagamento de um mês de salário (dos três em atraso), antes da viagem a Santa Catarina, programada para as 14h desta sexta-feira, ficando os dois últimos pagamentos a serem definidos nestas duas próximas semanas.

Edson Tomba afirmou que tudo terminou bem:

"Jogadores e Comissão Técnica entenderam, finalmente, a situação crítica em que nos encontramos e aceitaram nossos argumentos, baseados em alguns documentos mostrados aos mesmos".

Por volta das 18h40 desta quarta-feira, acompanhando nas sociais o treino do Galo, Tomba ainda assegurava:

"Eles entenderam também que se o Ituano não comparecesse em Santa Catarina e desse o chamado W.O., ficaríamos de fora de competições oficiais no Brasil durante três anos, conforme determina o STJD da CBF, além de sanções jurídicas pela F.P.F.; isto, sem contar com o aspecto profissional de cada um deles, que ficaria, com certeza, arranhado, num futuro próximo".

Futebol Interior

0 comentários:

Postar um comentário