Spiga

Galo queimado

Não estou falando do técnico do Figueirense e sim do Zico, que ficou bravo com o São Paulo. O clube paulista ultrapassou o Fla em títulos mundiais e agora no brasileirão também...

Zico: história de São Paulo ser único penta é "palhaçada"

Ídolo do Flamengo e técnico do Fenerbahce, da Turquia, Zico disse que o fato de os dirigentes do São Paulo falarem que o time paulista é o único pentacampeão brasileiro é uma "palhaçada". A declaração foi feita em entrevista ao jornal O Dia, nesta sexta-feira.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não considera a conquista de 1987 do Flamengo como um título brasileiro. Na época, o time carioca desistiu de disputar o quadrangular final da Copa União com o Internacional e mais dois times do Módulo Amarelo, equivalente à segunda divisão nacional: Sport e Guarani.
Por ter vencido o Internacional na decisão do Módulo Verde da Copa União (empate por 1 a 1 e vitória por 1 a 0), o Flamengo se declarou campeão brasileiro, com a anuência do Clube dos 13. Sport e Guarani, porém, se mantiveram no quadrangular final da Copa União e decidiram o título.
Com a desistência de Flamengo e Internacional, Sport e Guarani venceram seus jogos contra a dupla do Módulo Verde por W.O. e, na decisão da competição, o Sport obteve o título com um empate (1 a 1) e uma vitória (1 a 0), sendo declarado campeão nacional pela CBF.
"Essa história de o São Paulo ser o primeiro pentacampeão brasileiro é uma grande palhaçada. Não pelo título ou pelo São Paulo, que conquistou os títulos e merece todo o respeito porque venceu este ano com sobras. O problema e que essa confusão, para variar, foi criada por dirigentes e agora os dirigentes do clube paulista alimentam esse absurdo", comentou Zico.
"Lembrem-se que na época estava uma briga entre o Clube dos 13, que tinha o presidente do São Paulo como articulador, e a CBF. Essa briga fora dos campos levou a isso, um time que venceu a primeira divisão ter que jogar com o da segunda. E o Guarani e o Sport ainda fizeram uma final fajuta. Portanto, acho tudo uma grande bobagem", comentou o ex-jogador do Flamengo.
Para ele a CBF não reconhece o título de 87 por conta de brigas políticas envolvendo os cartolas do time rubro-negro e da maior entidade do futebol brasileiro.
"Todos sabem que a CBF não reconhece o Flamengo em função de brigas políticas, principalmente entre Ricardo Teixeira (presidente da CBF) e Marcio Braga (presidente do Flamengo). Mas nós, jogadores, e não os dirigentes, ganhamos o titulo de 87 dentro do campo, com suor, derrotando vários adversários e o Internacional, que foi um grande rival, na final e isso e o que importa", afirmou.
"A torcida sabe, a imprensa sabe. Títulos são conquistados dentro do campo e não por canetada de pessoas que fizeram historia no futebol mudando regulamentos e tendo atitudes que quase nunca beneficiaram o futebol", completou Zico.


Veja o Zico na copa de 86

1 comentários:

  Paulo Azevedo

3:40 AM

Por isso eu digo:

Zico é um dos melhores do país? Não! Sou mais meu Roberto Coração de Leão.

Flamengo pode ser campeão quantas vezes merecer, mas o de 87 é nosso! Quer? Vem buscar aqui na Ilha, você e sua nação marginal, Sr. Zico.

Postar um comentário