Spiga

Viva Fidel!

E vai começar o campeonato catarinense. Já estou me preparando para voltar aos estádios, comer aquelas bobagens (espetinhos, almôndegas, chouripans), tomar umas geladas (o calor é grande).
O que mudou de tempos pra cá é que não se vende mais bebida destilada nas arquibancadas. O pessoal ficava muito louco, a fiscalização era mais difícil. Vodkas em garrafas plásticas com marcas de nomes de causar arrepio... a sensação era que o copo de plástico ia derreter. O gelo era colocado com a mão pelo vendedor, a mesma mão que manipulava o troco. Desses tempos, lembro de dois causos:
I - O jogo pegando fogo, um torcedor bem velhinho pedia uma cuba, um olho na garrafa e outro no gramado. Gritava com toda a veemência para o vendedor:
_ Bem forte tio! Bem forte!
II - Um torcedor, esse mais jovem, perambulava com sua cuba libre na mão:
_ Viva Fidel Castro que inventou a Cuba!!

0 comentários:

Postar um comentário