Spiga

Homens-cueca

A Copa do Brasil é esperada por times do Norte/Nordeste no início do ano como o ganha-pão para o restante da temporada. E o duelo da primeira fase da competição, contra o Corinthians, não é diferente para o pequeno Barras, do Piauí. Se não conseguiu jogar em seu estado (o estádio Albertão, em Teresina, está interditado), o que previa uma renda de até R$ 150 mil, o clube fundado há apenas três anos e três meses conseguiu o seu primeiro patrocínio de verdade: contra o Timão, nesta quarta-feira em Goiânia, vai estampar a marca de cuecas "Mash" na sua camisa. - Na Série C tivemos patrocínio de algumas empresas locais, do Piauí mesmo, como colégios e casa de material esportivo. Agora fechamos com a empresa de cuecas para essa partida apenas, mas temos esperança que possamos fazer um acordo maior - diz ao GLOBOESPORTE.COM, por telefone, o presidente do Barras, Paulo Afonso Silva, o Painha. O valor que a Mash pagará não foi divulgado. Mas Painha não esconde outras receitas da equipe, que nasceu e sobrevive graças à prefeitura de Barras, cidade a 119 km da capital piauiense, Teresina, com pouco mais de 40 mil habitantes .
mais no site do GloboEsporte


Sem essa de foto de homem de cueca...

0 comentários:

Postar um comentário