Spiga

Azar

Antônio Lopes é um cara supersticioso. Atribuiu falta de sorte ao pênalti perdido do Edmundo. Acho que ele não tem prestado muita atenção:
"O Edmundo é o cobrador oficial, o primeiro batedor do time e vem obtendo sucesso. Ele não tem perdido muitas cobranças e estou satisfeito"
"Foi uma infelicidade, e não será por isso que deixará de bater os pênaltis".

Sorte é quando um pênalti do Edmundo entra, não é mesmo?

0 comentários:

Postar um comentário