Spiga

Sobrenomes

Guilherme não, Guilherme Macuglia!

De uns tempos pra cá os nomes com sobrenomes foram sendo incorporados aos nomes de guerra do futebol. Antigamente era mais fácil. O Santos, por exemplo, tinha Pelé, Pepe, Coutinho. O Flamengo tinha Zico, Peu, Adilio. Simples assim. Agora tudo é cheio de pompa: Cleiton Xavier, Rodrigo Souto, Rafael Sobis, Eduardo Martini. Fica ruim pra torcida gritar ou até xingar.

Mas o fenômeno mais interessante é quando os jogadores encerram as carreiras e viram treinadores. Não sei se consultam numerologistas ou marqueteiros, mas passam a adotar sobrenomes nunca usados na vida. Vejam alguns exemplos.



jogador / técnico

Silas / Silas Pereira
Telê / Telê Santana
Guilherme / Guilherme Macuglia
Alexandre (goleiro campeão da Copa do Brasil pelo Criciuma/1991) / Alexandre Pandócio
Ovelha / Mauro Ovelha
Abel / Abel Braga
Levir / Levir Culpi
Luis Felipe / Luis Felipe Scolari
Gallo / Alexandre Gallo
Lula / Lula Pereira
Adilson / Adilson Batista


Já alguns mantiveram o nome autêntico:


Renato Gaúcho / Renato Gaúcho
Zico / Zico
Leão / Leão
Romário / Romário
Cuca / Cuca

1 comentários:

  Rafael Garça

1:42 PM

Olá, amigos!
Hoje eu estou aqui para divulgar uma promoção do Blog do Garça e o Bela da Bola
Quem enviar a melhor história de amor pelo seu clube ou ídolo ganhrá o livro "Zico conta sua história" autografado pelo próprio Galinho.
Os e mails devem ser enviados para rarafael@gmail.com ou beladabola@yahoo.com.br.

Aprveitem e acesse para conferir a matéria sobre o dia que o Zico recebeu fãs no CFZ. Um encontro emocionante.

Abraços.

www.blogdogarca.blogspot.com e www.beladabola.blogspot.com

Postar um comentário