Spiga

Repórteres esportivos no Século XXI

Profundo o título deste post, não? Pois é, preciso registrar uma constatação óbvia: ainda tem (muita) gente que vai atrás de cronista esportivo. Antigamente, passar jogo na TV de time catarinense era raridade, ainda mais em jogos no interior do Brasil. Às vezes nem a rádio fazia cobertura. Os gols, os lances de todos os jogos, começaram a ser mais comuns pro final dos anos 80.
Lembro bem de uma eliminação do Avaí num brasileiro, acho que de 1986:
_ Gente, é gol da Inter de Limeira gente, uma injustiça!
Segundo o narrador Gastão Dubois (hoje na assessoria de imprensa do Avaí), tratou-se de um gol impedido e de um jogo onde o Avaí demonstrou grande superioridade técnica. Seria verdade ou um alento aos ouvintes?
Falo isso pois, plenos mais de 20 anos passados, dei uma secadinha básica no final do jogo Figueirense e Fluminense, no último domingo. Segundo a narração da CBN, um pênalti escandaloso não marcado e um gol do Flu ilegal. Choradeira geral, inclusive com testemunhas da crônica carioca.
Como mentira hoje tem perna ainda mais curta, graças a nossa tecnologia, ambos os lances foram rapidamente desmascarados na Internet, Pay Per View, TVs e afins. Tudo normal, inclusive sem nenhum cronista da SporTV confirmando o tal assalto.
Com essa rapaziada esperta, futuros clientes das transmissões esportivas, pergunto: o que serão desses comentaristas no médio prazo? Terão espaço? Terão alguma credibilidade? Restringirão-se às piadas e aos causos fora das 4 linhas?

Olha, não sei se estou ficando ranzinza, mas depois de acabarem com a cerveja no campo, com o nível da nossa mídia e com a qualidade técnica definhando nos gramados, preocupa-me o futuro do nosso esporte bretão....


2 comentários:

  Anônimo

1:19 PM

Acho que o juiz pecou ao não dar um cartão ao sujeito do Figueirense que se atirou na area. Quanto ao lance do gol, o arbitro foi correto ao aplicar a lei da vantagem. Pois o certo é que o goleiro cometeu penalti sobre o atacante Washington do Fluminense.
A midia esportiva catarinense é disparadamente a mais patética do Brasil.
VPJ

  melo

5:54 PM

Está ficando ranzinza, sem dúvida.

Weeeee aaaare breakinggg, âaaalll the rrrrulllees :D

Postar um comentário