Spiga

Tulio, o homem-açaí

Atacantes em crise com as redes, atenção! Túlio Maravilha, o maior artilheiro do Campeonato Brasileiro na soma das três divisões, decidiu revelar sua fórmula mágica para dar calafrios nos defensores mesmo com 39 anos. Apesar da junção curiosa e até engraçada, o centroavante vem comprovando que a mistura de açaí com sexo durante boa parte da semana vem surtindo efeito. E muito.

- O segredo para jogar por muitos anos é ter uma vida sexual ativa. Faço umas seis vezes por semana, claro, com a minha mulher (Cristiane), que isso fique bem claro. O açaí também me ajuda muito, consumo umas duas vezes por semana porque dá muita energia. O guaraná é outra coisa que adoro - conta.

Sempre falastrão, Túlio gaba-se do corpinho de menino cultivado em 20 anos de carreira. Beirando os 40 (completará em 2 de julho de 2009), o centroavante do Vila Nova garante ter os mesmos 72kg e os 9% de gordura de quando iniciou a carreira no arqui-rival do Tigrão, o Goiás, em 1988.

  • Faço (sexo) umas seis vezes por semana. Com a minha mulher (Cristiane), que isso fique bem claro"

Túlio, aliás, prega o caminho contrário para a carreira em comparação com as últimas gerações de jogadores do futebol nacional, tão marcadas pelo envolvimento em festas e polêmicas fora dos gramados. Mais do que isso, incrementa a “dieta” perfeita para se manter em alta no fim de carreira.

- Eu bebo só em ocasiões especiais, não fumo, durmo cedo, acordo cedo e tenho uma comida balanceada. Como muita salada, carboidrato, carne branca e vermelha. Os jogadores de agora estão abusando um pouco, mas cada um sabe o que faz - acrescenta.

O centroavante tem a chance de fechar o ano ainda mais em alta. Além de ser o atual artilheiro da Série B, com 15, Túlio é vice-líder do Prêmio Friedenreich, que vai laurear o maior goleador do país. Até agora, foram 29 do Maravilha, empatado com Alex Mineiro, do Palmeiras. Kleber Pereira, do Santos, tem 30.

Mesmo projetando chegar ao milésimo gol em 2010 (atualmente tem 851), o atacante garante que não pensa em se aposentar tão cedo. Mais um obstáculo que será superado com a ajuda do prato preferido dele.

- Adoro comer arroz, feijão e bife acebolado. Isso vai me ajudar bastante para chegar ao gol mil. Tenho muito tempo para jogar. Só depois vou pensar em parar - completa.

Globo Esporte

0 comentários:

Postar um comentário